5 cuidados diários para manter o cabelo lindo e saudável

De acordo com uma pesquisa feita em 2016, pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 66% dos brasileiros acreditam que o cuidado com a aparência é uma necessidade, mais do que um luxo. Assim, a manutenção de cabelos lindos e saudáveis se torna essencial nas rotinas diárias.

Essas intervenções estéticas costumam ser realizadas com o auxílio de um profissional – por meio de procedimentos complexos –, ou em casa com o uso de produtos embelezadores.

Esse estudo mostrou, ainda, que mais de 49% das pessoas entrevistadas consideram que o dinheiro gasto com tratamentos cosméticos, como o clareamento dental ou a pintura dos cabelos, é um investimento valioso.

Segundo as margens de erro da pesquisa, essa opinião é compartilhada por brasileiros de todas as classes sociais e de diversas regiões do país. 

Mas, quais são os cuidados primordiais para manter a beleza dos fios? Mais ainda, como isso afeta a saúde geral e o bem-estar?

5 Cuidados essenciais  para manter o cabelo saudável

O brilho, a força, o comprimento, o corte e a cor são alguns dos aspectos mais importantes para a manutenção do cabelo ideal. Contudo, como é possível consegui-lo? Veja a seguir algumas práticas fundamentais.

  • Atenção com a hidratação

A poluição, o uso de secadores, a alta exposição solar e a finalização com chapinha podem deixar os cabelos mais secos e sem brilho. 

Por isso, a realização de hidratações caseiras é imprescindível para devolver o aspecto original, a maciez e a saúde geral dos fios.

Mas além dos cremes, beber a quantidade necessária de água é fundamental para garantir a integridade e o crescimento capilar. 

A água é benéfica para a pele e cabelos, ajuda a manter os tratamentos dentários – como a lente de contato dental –, e ainda irriga as raízes capilares levando hidratação de dentro pra fora.

  • Trate as pontas

Quanto mais comprido for o cabelo, maior tem que ser o cuidado com a nutrição e a selagem das pontas.

Isso porque, as vitaminas necessárias para manter o cabelo forte e sem pontas duplas encontram dificuldade de chegar às extremidades dos fios, principalmente no cabelo afro.

Assim, é preciso realizar cortes periódicos – a cada 90 dias, aproximadamente – para aparar as partes danificadas, estimular o crescimento e recuperar a forma e o movimento.

  • Alimente-se bem

A atenção com a alimentação é necessária em todos os aspectos da saúde, e com os cabelos não poderia ser diferente. 

Afinal, os nutrientes absorvidos pela alimentação são conduzidos para as raízes capilares e promove o crescimento de fios ainda mais fortes.

Por isso, é preciso consumir alimentos ricos em:

  • Ferro;
  • Cobre;
  • Vitaminas A, B e D;
  • Zinco;
  • Magnésio, entre outros.

A parte mais exterior dos fios é composta por proteínas, como a queratina, assim também é fundamental realizar a ingestão de comidas como peixes e carnes magras.

  • Mantenha a saúde do couro cabeludo

Para manter o cabelo crescendo, é preciso garantir que os folículos capilares não estejam com o acúmulo de sujeiras e tenham espaço para que os cabelos saiam livremente dos bulbos capilares.

Para isso, utilize shampoos antirresíduos e faça massagens no couro cabeludo para estimular as raízes e melhorar a circulação sanguínea da região.

  • Penteie com cuidado

É preciso iniciar a escovação dos cabelos de baixo para cima, desfazendo os nós das pontas e repetindo o processo lentamente até a raiz. 

Evite usar força quando encontrar resistência, neste caso é necessário voltar para as pontas e ir desfazendo o embaraço sem quebrar o fio, pois a força pode quebrar e fragilizar as estruturas.

Quem tem cabelos lisos pode penteá-los até três vezes ao dia. Mas no caso dos cabelos cacheados ou crespos, que são naturalmente mais delicados, é preciso fazê-lo durante o banho e com o auxílio de cremes e escovas.

Como a falta desses cuidados podem afetar toda a saúde

A falta desses cuidados pode prejudicar muito a saúde das madeixas, deixando-as quebradiças e sem vida, mas também afetando a saúde de todo o corpo. Isso porque o cuidado com a beleza física pode afetar diretamente a autoestima e a qualidade de vida.

Pior do que isso, esses problemas psicológicos podem levar ao descuido com a saúde e higiene pessoal, bem como a padrões alimentares que são prejudiciais para o organismo e são capazes de agravar as condições capilares e o funcionamento de outros tecidos.

Além disso, o cuidado com a saúde geral também afeta a força e a beleza dos cabelos, bem como de todo o corpo e a saúde de todo organismo. 

No caso da falta de higienização adequada do aparelho dental invisivel fixo, por exemplo, pode gerar doenças bacterianas como a inflamação dentária, sendo ocasionadas pelo descuido com os cuidados diários ou mesmo uma rotina de “beleza”, que estimularia a escovação.

Relação entre alopecia e a saúde bucal

Segundo pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, essas infecções bucais ativam o sistema imunológico para combater os tecidos contaminados pelas bactérias.

Mas, às vezes, essa ação pode gerar consequências autoimunes, causando a alopecia areata.

Essa perda de cabelo normalmente aparece de forma linear a partir do local onde há a inflamação do dente. 

Deste modo, a alopecia pode afetar a região facial próxima da maxila dos dentes superiores, alcançando o couro cabeludo, a barba e até mesmo a sobrancelha.

Por isso, a perda de cabelo localizada pode significar problemas na higienização do aparelho invisivel e a necessidade de uma visita ao dentista.

Felizmente, a raiz capilar não é deteriorada nessas circunstâncias e após o tratamento dental e dermatológico, ele volta a crescer. 

No entanto, em casos menos comuns, essa alopecia pode se dar fora da linha do dente, longe da infecção, reaparecendo no mesmo lugar.

Com isso, as infecções orais, se não cuidadas adequadamente, podem causar a perda completa do dente e a necessidade do implante dentario.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Lógica de Mercado, uma rede de conteúdos para alavancar negócios e proporcionar mais qualidade de vida e saúde.

vitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *