O que é bom para limpar carpete?

Uma das melhores sensações que podemos ter ao acordar é levantar e tocar os pés na carpete limpinha e macia, ou simplesmente juntar toda a família no quarto para ficar deitado nele assistindo a um bom filme. Para isso, é necessário limpar carpete de modo a evitar que possam surgir alergias ou outros desconfortos causados pela falta de limpeza desses objetos.

 

As carpetes são objetos bastante confortáveis e que trazem um maior aconchego para o ambiente, melhorando a sua acústica e proporcionando um equilíbrio adequado em relação à temperatura do ambiente, deixando mais quente aquele local, principalmente em tempos de muito frio, além disso, as carpetes podem ajudar a tornar aquele local muito mais bonito, trazendo um ar de modernidade e estilo bastante marcante.

 

Entretanto, deixar de limpar carpete pode trazer prejuízos as pessoas que mantém contato com ela, de modo a tornar todas as vantagens mencionadas anteriormente irrelevantes. 

 

Esses prejuízos estão relacionados principalmente a saúde das pessoas, causando desconfortos respiratórios, inclusive podendo ocasionar doenças mais sérias, como, por exemplo, asma e outras doenças respiratórias.

 

Isso ocorre graças aos ácaros que se acumulam nessas superfícies, assim como pelos, poeira, migalhas e farelos de comida, favorecendo a proliferação de diversos tipos de organismos que podem ser prejudiciais à saúde das pessoas, como fungos, ácaros e outros tipos de microorganismos, trazendo uma série de problemas de saúde, como alergias, doenças respiratórias e outros tipos de comorbidades.

 

Sem falar que uma carpete suja pode contribuir para tornar o ambiente um local menos atrativo visualmente, haja vista que as manchas de comida e sujeiras que se acumulam nesses locais são bastante feios e podem prejudicar a estética do ambiente em que a carpete está localizada, diminuindo, inclusive, a vida útil dela. Assim, não existe outra alternativa a não ser limpar bem esses objetos.

 

Pensando nisso, criamos esse artigo para ajudá-lo na hora de limpar carpete, de modo a ensiná-lo a forma correta de realizar essa limpeza. Portanto, se você quer saber como fazer isso, continue a leitura deste artigo e fique por dentro de todas as informações relacionadas ao tema.

Como fazer limpeza de carpete?

Antes de adentrarmos no tutorial propriamente dito de limpar carpete, é necessário fazermos alguns esclarecimentos a respeito da quantidade de vezes que essa limpeza deve ser feita em determinado período de tempo. Essa quantidade pode variar de acordo com a quantidade de pessoas que passam pelo ambiente em que a carpete está localizada, onde ambientes que possuem maior circulação devem necessariamente serem lavados com mais frequência.

 

Já em relação a ambientes menos frequentados, como os quartos das crianças ou dos pais, não há uma necessidade maior de limpar carpete com mais frequência. Entretanto, se na casa tiver gatos ou cachorros, é necessário aumentar a frequência de vezes em que a carpete é limpa, haja vista que esses animais costumam soltar bastante pelos que ficam presos a carpete, causando alergias a quem tiver contato com ela.

 

É recomendável, em geral, limpar carpete duas vezes por semana, de maneira bastante superficial, tirando apenas a parte mais visível da sujeira. Para isso, basta utilizar um aspirador de pó. Com isso, será possível manter uma regularidade de limpeza, assim como evitar problemas de saúde relacionados a proliferação de ácaros nas carpetes.

Quais produtos usar para limpar carpete

Antes de tudo, cabe ressaltar que é imprescindível que esses objetos não tenham qualquer contato com a água, haja vista que ela é capaz de proporcionar um ambiente favorável ao aparecimento de fungos, principalmente os que são prejudiciais à saúde das pessoas, portanto, limpar carpete deve ser feito sempre a partir de uma lavagem a seco, evitando que haja contato com a água.

 

O ideal para fazer essa limpeza da carpete é utilizar apenas o aspirador de pó, visto que ele é o suficiente para tirar toda a sujeira que pode se acumular superficialmente na carpete, evitando dessa forma, que ocorra a proliferação de fungos, ácaros e outros microorganismos. Evite utilizar vassouras, pois além de prejudicar a estrutura da carpete, pode ajudar na proliferação desses microorganismos, haja vista que ela pode contê-los nas suas cerdas.

 

Caso a intenção seja remover pelos, uma solução para isso é utilizar vinagre, misturando em pequenas quantidades de água que não sejam suficientes para acumular na carpete. É recomendável a utilização de uma proporção de dois por um de vinagre e água.

Cuidados necessários a manutenção da carpete

Alguns cuidados são necessários para a manutenção da carpete, de modo a aumentar sua vida útil, assim como ajudar a evitar que haja prejuízos a saúde daqueles que têm contato com a carpete. Assim, se a carpete está espalhada por toda a casa, inclusive nas áreas comuns, é recomendável que todas as pessoas que entrem na residência tirem seus calçados, evitando que fungos e bactérias trazidos da rua o contaminem.

 

Caso a carpete esteja localizada nos corredores, é interessante utilizar uma passadeira diariamente sobre toda a sua superfície, de modo a remover a poeira ou qualquer outra sujeira que venha a cair sobre ele. O mesmo ocorre com a carpete embaixo da mesa de jantar, sendo necessário manter um tapete comum sobre a carpete, evitando que se acumulem restos de comida e outras coisas que possam cair de cima da mesa.

Por fim, deixe as janelas da casa aberta, pois a circulação do ar permite que o acúmulo de fungos e outros microorganismos prejudiciais à saúde se torne mais difícil.

vitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *